Mais uma ação “Meu refúgio contra a Covid 19”

Mais de trinta pessoas foram beneficiadas pela ação da Rede Rua com o refúgio em forma de barracas na região do Brás. Em parceria com as Irmãs de Santa Cruz foram doados na tarde de sexta feira, 22 de maio, barracas, máscaras, kit higiene, água e lanches preparados pelas amigas da Rede Ednéia, Rosa, Anunciata e Marina. Enquanto a equipe da Rede Rua ajustava os detalhes e cuidados de proteção para acolhida, muitos  aguardavam ansiosos em frente a Chapelaria Social. Os donativos foram distribuídos para alguns assistidos da Chapelaria e moradores de rua pré-cadastrados. As barracas foram direcionadas para pessoas que estão em situação de calçada da região, sem acesso aos centros de acolhida. O momento foi uma oportunidade para dar orientações aos cuidados de higiene e proteção ao coronavírus.

Para a maioria das pessoas que aguardavam na fila, a  barraca representa muito  mais que uma proteção a Covid19, será o principal abrigo para se proteger do frio. A prefeitura de São Paulo sancionou lei que permite vagas para moradores de rua em hotéis. O projeto está longe de acontecer para quem está literalmente na condição de morador de calçada, embora a lei seja resultado da pressão dos movimentos sociais  e do ministério público a medida não alcançará grande parte dos grupos de desassistidos.

Padre Arlindo Pereira Dias, que acolheu a todos com um momento de oração, reforçou que a ação é uma forma de buscar a resposta do poder público aos questionamentos pertinentes da população, referente as medidas  emergenciais.

É com quem sofre mais  que Deus se manifesta. A tenda que distribuímos hoje também é um sinal de que não estamos sozinhos, estamos unidos na mesma luta”. Afirma padre Arlindo.

Para Daniel Oliveira e Leandro Farias o refúgio servirá de morada e proteção enquanto aguardam por medidas mais eficazes. A cidade tem mais de 40 mil casos confirmados do novo coronavírus,  os leitos dos hospitais públicos reservados para a pandemia já estão no limite. Diante deste cenário, instituições buscam soluções para amenizar a exposição do povo de rua ao coronavírus.

“Eu nunca tive sorte de ganhar nada, com a barraca eu tenho a sensação de que estarei mais seguro, é uma grande ajuda, vou ter facilidades para manter a minha higiene e ficar livre de baratas e ficarei mais isolado evitando contaminação. Aproveito a oportunidade para agradecer as pessoas que se arriscam para nos ajudar, esse gesto solidário para nós da rua é  a atenção que precisamos nesse momento”.  Disse  Daniel emocionado e com certeza que irá se abrigar melhor nos próximos dias.

A barraca pra mim, agora é tudo. Posso me proteger do frio e tentar me cuidar um pouco mais desse vírus. É a melhor coisa que já me aconteceu durante essa pandemia”.  Leandro Farias.

Por
@claudia.pereiraj
Foto: @Lucineymartins

vídeo: Vinicius Lima

#RedeRua
#JornalOTrecheiro
#IrmãsdeSantaCruz
#DireitosHumanos
#PopRua
#CoronavírusBrazil
#COVID19
#SOSpovoderua
#Acolhearua
#RuaemAção

Momento de oração – foto Luciney Martins
Ação “Meu refúgio contra a Covid 19” na Chapelaria Social. foto Luciney Martins
Rede Rua – Entrega de donativos para moradores de rua da região central – foto Luciney Martins
Mais uma ação “Meu refúgio contra a Covid 19” – foto CláudiaPereira
Ação “Meu refúgio contra a Covid 19” – foto Luciney Martins
Ação “Meu refúgio contra a Covid 19” – foto Luciney Martins
Ação “Meu refúgio contra a Covid 19” – Padre Arlindo Pereira Dias, svd  – foto Luciney Martins